Caro visitante,

 

Dia 1 de Abril já passou, é verdade. Já estamos a meio do ano e parece que ainda foi ontem que estávamos a celebrar o novo ano. Esse dia é o que marca o arranque da entrega da declaração de IRS. Eu sei que o Abril de 2017 ainda vai longe – e ainda bem -, mas por que não abordar esse tema? Todos os anos, há sempre um pequeno pormenor que nos falta na hora de preencher o IRS. Lá temos nós que ligar ao nosso contabilista para tirar as nossas dúvidas. É um processo stressante, tenho de admitir. E por ser stressante é que quero tirar todas as dúvidas com vocês. São pequenos passos que, se forem feitos convenientemente, o mês de Abril passa a ser mais calmo para toda a gente. Deixo-vos agora com os passos que devemos ter em conta na hora de fazer o IRS.

 

1º Passo: Ter a senha de acesso do Portal das Finanças.

 

Quantas horas já passamos à procura da senha de acesso? Demasiadas. Não podemos facilitar neste aspecto. Não sabemos onde está, é voltar a pedir no Portal das Finanças. Tão simples quanto isso.

 

2º Passo: Começar a preencher no Portal das Finanças.

 

Depois da senha de acesso, entre no Portal das Finanças. Vai ter lá “entregar declaração” e depois selecione a opção “Preencher”. Aí coloca o número de contribuinte e a senha. Aparecerá a chamada “folha de rosto”. Nessa folha preenchemos os seguintes quadros: O código das finanças; o ano de rendimentos que está a declarar; o nome da pessoa que declara; o estado civil; a tributação conjunta ou separada; agregado familiar; informações adicionais; residência fiscal; NIB; 1º declaração do ano ou declaração de substituição; entidade beneficiária; prazos especiais.

 

3º Passo: Adicionar os Anexos e Categorias.

 

Neste passo temos que selecionar o Anexo A, que é referente a rendimentos de trabalho dependente e/ou pensões, e confirmar os dados. Caso tenha rendimentos da Categoria B, ou seja, rendimentos empresariais e profissionais, deve adicionar o anexo necessário. De seguida, adicione o Anexo H onde irá declarar as despesas de habitação, educação, saúde, lares, PPR e donativos.

 

4º Passo: Verificar, simular e submeter.

 

Depois disto tudo, deve selecionar a opção “Verificar”, seguido da opção “Simular” e a terminar na opção “Submeter”. No final, será necessário voltar a introduzir o seu número de contribuinte e senha.

 

Estes são os passos fundamentais que devemos ter em conta. Por fim, nos dias seguintes, acede ao Portal e espere até a sua declaração estar “Aprovado”. Espero que tenha ficado esclarecido. Obrigado.
Manuel